Pesquisar
Close this search box.

[:en]Proteção à Criança e ao Adolescente é tema do XX Encontro da Rede Solivida[:]

[:pb]

35432977_1904957412877523_2059307548506324992_n

O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) diz no artigo 5 da Lei 11.829/2008 que nenhuma criança ou adolescente será objeto de qualquer forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão, punido na forma da lei qualquer atentado, por ação ou omissão, aos seus direitos fundamentais e com a proposta de refletir essa proposta , a  Rede de Parceiros Solivida realizou nos dias 15,16 e 17 de junho de 2018, na cidade de Itaporanga, no interior da Paraíba, o XX encontro com a temática, proteção à criança e ao adolescente – violência sexual.

35463497_1904957472877517_1618201968981835776_n

O Encontro contou com a participação das entidades parceiras, com o objetivo de refletir e discutir a problemática da violência sexual no Brasil, trazendo para a realidade de cada região que as organizações atuam. A proposta foi discutida pela Ir. Marie Henriqueta do Pará, que trouxe para a plenária diversos questionamentos e reflexões, mostrando como identificar um caso de violência sexual com crianças e adolescentes.

35433292_1904957699544161_6844993932024086528_n

Durante a reflexão foi levantado diversas questões e preocupações pelos representantes das instituições, durante sua explanação a irmã explicou como identificar um caso de violência sexual, através dos indicadores físicos, comportamentais e especializados, além de relatar como acontece os procedimentos que deve ser tomado após identificar um caso desses, nos explicandos as devidas mudanças que aconteceu no atendimento especializados.

            Além das reflexões, foi proposto pela mesma como trabalhar a temática com as próprias crianças e adolescentes, levando até eles o assunto de uma maneira lúdica, através de filmes, jogos, músicas, reflexões, dinâmicas entre outros momentos, fazendo com que eles entendam a importância de não se calar e de não ter medo. Foi com essa mensagem que todos os participantes entenderam a importância da temática e saíram do encontro com a notícia de uma formação para as organizações, por meio da KinderMissionWek, parceira alemã de diversas organizações da Rede Solivida.

            E com essa missão de sermos instrumentos de transformação social, o XX Encontro da Rede Solivida se encerra com a missão de combater a violência e de levar amor e carinho a vítimas e suas famílias.

[:en]

35432977_1904957412877523_2059307548506324992_n

O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) diz no artigo 5 da Lei 11.829/2008 que nenhuma criança ou adolescente será objeto de qualquer forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão, punido na forma da lei qualquer atentado, por ação ou omissão, aos seus direitos fundamentais e com a proposta de refletir essa proposta , a  Rede de Parceiros Solivida realizou nos dias 15,16 e 17 de junho de 2018, na cidade de Itaporanga, no interior da Paraíba, o XX encontro com a temática, proteção à criança e ao adolescente – violência sexual.

35463497_1904957472877517_1618201968981835776_n

O Encontro contou com a participação das entidades parceiras, com o objetivo de refletir e discutir a problemática da violência sexual no Brasil, trazendo para a realidade de cada região que as organizações atuam. A proposta foi discutida pela Ir. Marie Henriqueta do Pará, que trouxe para a plenária diversos questionamentos e reflexões, mostrando como identificar um caso de violência sexual com crianças e adolescentes.

35433292_1904957699544161_6844993932024086528_n

Durante a reflexão foi levantado diversas questões e preocupações pelos representantes das instituições, durante sua explanação a irmã explicou como identificar um caso de violência sexual, através dos indicadores físicos, comportamentais e especializados, além de relatar como acontece os procedimentos que deve ser tomado após identificar um caso desses, nos explicandos as devidas mudanças que aconteceu no atendimento especializados.

            Além das reflexões, foi proposto pela mesma como trabalhar a temática com as próprias crianças e adolescentes, levando até eles o assunto de uma maneira lúdica, através de filmes, jogos, músicas, reflexões, dinâmicas entre outros momentos, fazendo com que eles entendam a importância de não se calar e de não ter medo. Foi com essa mensagem que todos os participantes entenderam a importância da temática e saíram do encontro com a notícia de uma formação para as organizações, por meio da KinderMissionWek, parceira alemã de diversas organizações da Rede Solivida.

            E com essa missão de sermos instrumentos de transformação social, o XX Encontro da Rede Solivida se encerra com a missão de combater a violência e de levar amor e carinho a vítimas e suas famílias.

[:]

Faça sua doação e ajude o projeto Soli Vida

Olá, como posso ajudar?