dezembro 14th, 2019 — Geral

REDE SOLIVIDA CONECTANDO OPORTUNIDADES

O XXIV Encontro da Rede SoliVida aconteceu durante os dias 25 a 27 de outubro, na Associação Cidade da Criança, nosso parceiro de Simões Filho, e trabalhou sob o tema “Conectando Oportunidades”, em referência ao projeto Mercado de Oportunidades que foi realizado durante dois anos pelas instituições baianas, maranhenses e piauienses que compõem a Rede.

K1600_IMG_0679

No primeiro dia do evento, o consultor e gestor empresarial alemão, Lucas Corts juntamente com os representantes das instituições realizaram atividades sobre Gestão, identificando a Identidade – Objetivo – Organização – Finanças das suas entidades, percebendo a importância de estarem organizados em rede e como esse formato amplia a visibilidade das instituições. A percepção dessa visibilidade em rede se intensifica na avaliação dos projetos já desenvolvidos como foi o “Semear e Colher” e o “Mercado de Oportunidades”, os quais fornecem unidade aos trabalhos da Rede SoliVida, as atividades que antes eram individuais passaram a acontecer em coletivo garantindo melhores resultados.

IIº SEMINÁRIO INTER-REGIONAL MERCADO DE OPORTUNIDADES

Um dia de muitas emoções, assim previu Ivonita Alves, presidente da Associação Cidade da Criança, ao iniciar o 2º Seminário Inter-Regional Mercado de Oportunidades, no dia 26 de outubro, na sede da instituição em Simões Filho, região metropolitana de Salvador. O evento reuniu 7 instituições dos estados do Maranhão, Piauí e Bahia que apresentaram os resultados das atividades desenvolvidas durante os dois anos do projeto Mercado de Oportunidades, na área da apicultura, rizipiscicultura, horticultura em pequenos espaços, horta hidropônica e feiras culturais. “Estamos em festa, a finalização desse projeto significou muito para a Cidade da Criança, foi um projeto que alterou nossa rotina e das pessoas da nossa comunidade, conseguimos trazer brilhantemente a presença da comunidade e reunir pessoas que possibilitaram a realização de muitas trocas”, ressaltou Ivonita.

 K1600_IMG_2208

Além das instituições que executaram o projeto, o Seminário contou com a presença das demais 26 instituições que compõem a Rede SoliVida e de parceiros da AktionsKreis Pater Beda.  “Hoje temos o grande prazer de ouvir as pessoas atendidas pelo projeto Mercado de Oportunidades, ver o resultado pelas vozes de quem recebeu essas oportunidades. É maravilhoso acompanhar o fortalecimento da Rede SoliVida, pois não andamos só, projetos como o Mercado de Oportunidades é o fruto de parcerias entre Brasil e Alemanha”, salientou Udo Lohoff, representante da AktionsKreis Pater Beda.

A questão ambiental foi o pilar das atividades desenvolvidas pelas instituições do Maranhão, famílias inteiras foram fortalecidas através do trabalho com a apicultura, possibilitando que estas acreditassem numa geração de renda em paralelo com a preservação do meio ambiente. Além da apicultura foi destaque na apresentação das ações desenvolvidas pelas instituições maranhenses, a rizipiscicultura, o SAFs, a plantação de sabiá e o resgate cultural com a fibra do babaçu e banana.

K1600_IMG_2308

As instituições do Piauí contaram sua história com as abelhas, as famílias afirmaram ter modificado sua relação com o inseto, se antes as abelhas e suas colmeias eram destruídas com o desenvolver do projeto e com os conhecimentos adquiridos, elas passaram à ser preservadas por se entender agora a importância das mesmas para o equilíbrio e a manutenção de um meio ambiente saudável.  O projeto Mercado de Oportunidades possibilitou a ampliação de 25% de mulheres apicultoras nas instituições piauienses, quebrando com a ideia de que só a força masculina era importante, trazendo ensinamentos e desenvolvimento com a profissionalização dos jovens com geração de renda.

K1600_IMG_2337

Sendo executado em Simões Filho e em Campo Formoso, as instituições da Bahia trouxeram para o seminário um mix de cultura, artesanato, avanços no semiárido, independência feminina e feiras culturais. As organizações de Campo Formoso cantaram e dançaram seus crescimentos através de cenas de um espetáculo construído pelas três instituições que posteriormente foi apresentado no município, expondo como a arte modificou a vida dos jovens, como o artesanato abriu portas para suas mulheres e como o conhecimento fez florescer a comunidade de Puxadeira. Relatando uma maior aproximação com a comunidade através de feiras culturais, a instituição simõesfilhense apresentou através de depoimentos emocionados como o fomento ao empreendedorismo e a sustentabilidade fez o projeto crescer no município e melhorou a autoestima dos participantes os encorajando a seguir adiante com os trabalhos.

K1600_IMG_2352

O projeto “Mercado de Oportunidades” teve o apoio do BMZ (Ministério Federal Alemão de Cooperação Econômica e Desenvolvimento) e da ONG alemã Aktionskreis Pater Beda e foi desenvolvido por dois anos pelas instituições: Associação Regional Integrada de Desenvolvimento Agroecológico Sustentável, Associação Educação e Meio Ambiente, Cooperativa Terra e Vida, Associação Cidade da Criança, Associação de Líderes Comunitários, Associação Cultural Raízes e Asas e Associação Cultural dos Pequenos Artesões da Vila Encantada, todos somando esforços que impactaram positivamente em cada resultado alcançado.

ENCERRAMENTO

Dando prosseguimento a formação sobre a gestão de ONGs, no dia 27 de outubro, foi realizada a palestra do contador Ronaldo Antônio, que falou sobre a natureza jurídica das instituições, a responsabilidade dos administradores e os maiores desafios das Organizações da Sociedade Civil, finalizando num bate-papo entre os participantes e a equipe de captação de recursos da Rede SoliVida.

Com esse último encontro de 2019, os participantes das entidades da Rede obtiveram um enorme ganho com as formações nas áreas de gestão e contábil, em especial por acompanhar o encerramento de um projeto tão importante como o Mercado de Oportunidades, que apresentou novas formas de trabalhar o empreendedorismo e as rendas alternativas em pontos tão distintos do país. O ano de 2019 para a Rede SoliVida foi de grandes avanços com a chegada de novos parceiros e o fortalecimento das instituições veteranas. Foi percebido que no êxito ou nas adversidades, ter a oportunidade de compartilhar isso com o semelhante é infinitamente mais proveitoso e que instituições que se agrupam, se conhecem e se relacionam se fortalecem agregando valor uma a ação da outra gerando impactos benéficos a toda sociedade.

( Texto Danielle Antão)

(revisão Edmara Soares)

Mais Notícias

Violência contra crianças e adolescentes e a importância de uma Política de Proteção Infantil nas Instituições

janeiro 22nd, 2021

“É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança, ao adolescente e ao jovem, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, …

Mais

Juventude Camponesa

janeiro 8th, 2021

Juventude camponesa da Paraíba e da Alemanha promove campanha de solidariedade em apoio a afetados pela Covid 19 Jovens de mais de cinquenta comunidades camponesas acompanhadas pela Comissão Pastoral da …

Mais

LIVE serTÃO JOVEM

outubro 20th, 2020

A juventude do campo à cidade em tempos de pandemia comunicando e informando através das lives O Brasil como outros países do mundo está imerso na pandemia do coronavírus, a …

Mais